ReUse

“Muitos proprietários de brechós desenvolveram a capacidade de enxergar valor naquilo que foi descartado, trazendo objetos dispensados para alguns para o universo de valores de outras pessoas. Eles fazem algo semelhante ao jovem que, ao abrir um livro empoeirado e esquecido na biblioteca do pai, viria a trazer ao presente um precioso universo de novas questões. Há quem diga também em que cidade pequena os brechós não tem vez, porque as pessoas se conhecem e jamais se arriscariam a comprar uma roupa usada por alguém supostamente bastante conhecido. Quase, sempre, contudo, isso não se sustenta, pois os proprietários desses brechós costumam realizar suas compras em outras paragens, já sabedores desse tal temor.”


O substantivo brechó significa uma loja de roupas e acessórios usados, geralmente com preços camaradas, mas a ideia, o ambiente, os produtos a venda e quem compra entende que esse significado não é tão limitado assim.
Ate dois, três anos atrás as pessoas ainda tinham muito preconceito em entrar em brechós e comprar roupas já usadas, nem sempre bem cuidadas, em um ambiente não muito agradável e com preços acessíveis até demais. Hoje em dia, graças a democratização da Moda, ao ciclo que ela própria é e aos brechós ‘revitalizados’, esse conceito mudou muito.
Não somente o olhar de quem poderia ser um possível cliente, mas também daqueles que procuram a clientela. Os donos de brechós passaram a aproveitar a chance da onda de “comprar-em-brechó-é-ser-alternativo” e iniciaram a revitalização de espaços desorganizados e não muito cheirosos em ambientes descolados e bem camuflados entre as boutiques e lojas de primeira mão.
Foi por ai que nasceu a proposta do ReUse: disponibilizar, seja você alternativo ou não, um brechó organizado, bem cuidado, com peças pra lá de lindas, customizadas e selecionadas à um preço super bacana.
E pode parecer marketing pra venda, mas não tem nada mais desafiador do que dar um ar bem diferente e só seu àquela peça que já foi interpretada, usada ou apenas guardada de um outro jeito qualquer.
Com essa moda que vai e vem, os brechós se firmam como um comércio mais do que conveniente e bem-vindo: os shorts de cintura alta da vovó são a melhor prova no verão 2013. E além de você não gastar tanto com uma moda que a cada coleção aparece com uma nova cor, uma nova textura, uma nova aplicação, uma nova onda, você acaba sendo ecologicamente correto e deixando o consumismo exacerbado um pouco de lado.
Nada melhor do que entrar em um lugar, gastar 100 reais e sair de sacola cheia!
Pra aquelas pessoas que quase nunca têm um tempinho pra si mesmas, a gente também resolveu facilitar. Aqui no ReUse, as peças além de limpas e bem conservadas, já estão super selecionadas e garimpadas. Nas nossas araras, o clássico e claro, a tendência do momento.
Desapegar é preciso! Se você tem roupa boa e ta parada no seu guarda-roupa, traz pra gente dar uma olhada e de repente fazemos negócios. Hoje em dia tem tanta gente que compra roupa produzida em série.. Acho que comprar a roupa que já era de alguém, vai ser no mínimo engraçado e original.
Ainda não entrou em um brechó? Não conhece o ReUse? Faça a experiência, esperamos você.

Rua Visconde de Guarapuava, 2106, sala 04.
Quase esquina com a Paraná.

4 pensamentos sobre “ReUse

  1. com todo este texto fica facil perceber a real importancia do REUSE e dos brechós que tem a mesma “pegada”, fica facil perceber que abrir um BRECHÓ nao é somente comprar roupas velhas e pronto, vai muito mais alem, e vou te dizer, isso vc faz como se fosse NORMAL, bom gosto ao escolher as peças, compor looks e decorar o ambiente onde toda a magia acontece, parabens meu doci, adoro essa sua qualidade e todas as outras! beijao e sucesso sempre!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s